Sempre com amor

Excesso de regra intoxica,

ausência de regra desorienta.

Excesso de regra stressa,

ausência de regra cria ditadores.

Excesso de regra abafa,

ausência de regra desgoverna.

Excesso de regra cria necessidade de confrontar,

ausência de regra cria ambivalência e desorganização emocional.

Excesso de regra aprisiona,

ausência de regra constrói eus insensíveis à sensibilidade dos outros.
Precisamos…

de brincar com brinquedos,

de descomplicar,

de dançar,

de firmeza,

de desarrumar para voltar a arrumar,

de doçura,

de tempo,

de sujar,

de pular,

de olhar nos olhos,

de escutar,

de comer à mesa e a horas,

de abraçar,

de disponibilidade emocional,

de perceber quem é o adulto,

de perceber quem é a criança,
e não pedir aquilo que não faz,

sensibilidade e bom-senso,

de ser criança para brincar e adultos para modelar e orientar,

sempre com amor.

in Crónicas de uma vida que se vive todos os dias

Diana

Fotografia | Diana

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s

%d bloggers like this: